segunda-feira , 26 junho 2017
Últimos artigos
 

Inicio » Totvs

Totvs

Microsiga Protheus é um sistema integrado de gestão empresarial (ERP/CRM/HCM/SCM) , criado e desenvolvido pela TOTVS S/A, para atender a todo mercado corporativo.

O sistema contempla todos os principais processos de empresa, através de seus módulos, onde cada módulo corresponde a uma área especifica de gestão, como por exemplo, o módulo FAT (Vendas e Faturamento) que contempla a área de Vendas, fazendo a integração das informações com as demais áreas da empresa. Cada módulo é responsável por dezenas de processos de negócios, baseado em práticas do dia a dia de diversos segmentos de negócio.

O sistema foi desenvolvido sobre três principais fundamentos: FlexibilidadeSimplicidade e Respeito ao Legado . Este fundamentos deram ao produto uma série de caracteristicas que norteiam cada RoadMap do sistema.

  • Facilidade de customizar e parametrizar
  • Independencia de sistema gerenciador de banco de dados relacional
  • SDK gratuíto ( o mesmo utilizado pelos desenvolvedores do produto )
  • Pontos de entrada públicos que permitem personalizações nas transações e regras de negócio do produto
  • TCO baixo ( facilidade de atualização de produto )
  • Metadados ativo e extensivel
  • Framework de desenvolvimento robusto baseado em MVC.

Ciclo de Vida de Software

PROTHEUS
VERSÃO DISPONÍVEL EM EXPIRA EM VERSÃO PARA UPGRADE NOTAS
Protheus 11 31/03/10 31/07/2017 TOTVS 12, Linha Protheus
TOTVS 12 06/02/15 TOTVS V12 possui release incremental, por meio do qual a TOTVS disponibilizará
continuamente novas funcionalidades do ERP. Isto minimiza os custos de atualização.

Última atualização: 20/03/2015

Atenção: A TOTVS poderá alterar estas informações sem aviso prévio, recomendamos consultar periodicamente para informação atualizada.

Ultima versão

TOTVS 12 – Linha Microsiga Protheus

A Linha Microsiga Protheus incorporou uma série de novas funcionalidades a linha Microsiga Protheus tais como:

  1. Novo Guidelines desenvolvido utilizando Design Thinking – conjunto de métodos e processos para abordar problemas, relacionados à aquisição de informações, análise de conhecimento e propostas de soluções, como uma grande preoupação em usabilidade.

Aguarde mais novidades….

Lançamento Setembro/2014

 

 Histórico

Abril 1991 à 1995

Em Abril de 1991 a Microsiga Software inicio o desenvolvimento do produto Siga Advanced. Nesta época o sistema era desenvolvido sobre a linguagem Clipper 5.x.

O sistema possuia uma interface padrão colorida baseada em caracter que continha o conceito de ‘Janelas’, permitindo assim o uso de dispositivos de entrada que o destacava dos sistema desta época.

O metadados ou dicionário de dados ativo permitia aos usuários do sistema flexibilidade e personalização das interfaces do sistema, permitindo a criação de novas tabelas, campos, indices, entre outros.

Para uma maior flexibilidade do produto o sistema admitia a criação de programas personalizados pelo cliente, de modo a extende-lo as necessidades do cliente.

Nesta época o sistema permitia o uso dos sistemas operacionais DOS ou Windows e dos bancos de dados ADS Server ou AS/400.

 

 

1995 à 1997

Em 1995 surgi a primeira versão Windows do Siga Advanced. O sistema teve sua interface totalmente remodelada para a interface do Microsoft Windows da época. A linguagem de programação do produto continuava baseada no Clipper 5.X e foi acrescentada uma biblioteca chamada FiveWin que permitia sua utilização sobre a interface do Windows.

Paralelo a mudança da interface gráfica, a Microsiga desenvolveu a tecnologia Top Connect que permitiu ao sistema o suporte aos bancos de dados relacionais, como o SQL Server e Oracle.

O sistema para a ter suporte a dois idiomas – Português e Espanhol e uma série de módulos e novos processos de negócio foram desenvolvidos no produto, como: SCM e CRM.

 

 

1998 à 2003

Após o sucesso da tecnologia Top Connect, a Microsiga Software S/A decide substituir a linguagem de programação do Siga Advanced por uma tecnologia própria, a decisão foi pautada em dos pilares do sistema ‘Respeito ao Legado’, haja visto o grande volume de personalizações criadas por nossos clientes e parceiros. Assim em 1998 o Siga Advanced é rebatizado para Advanced Protheus e surge a linguagem de programação AdvPL.

O sistema surge com uma nova arquitetura de desenvolvimento, agora baseado em três-camadas, permitindo mobilidade ao usuários do sistema, sem o uso de Web-Enabler.

A interface de usuário do Advanced Protheus utilizava a linguagem de programação Borland Delphi que permitia um maior volume de componentes gráficos que a biblioteca FiveWin e sua utilização abaixo do Internet Explorer através de um plugin ActiveX.

Com o advento da camada servidora do sistema, o sistema passou a operar no sistema operacional Linux e a ter suporte ao desenvolvimento Web, SOA, Remote Procedure Call (RPC) e Telnet.

 

 

2004 à 2006

A interface do sistema passa a ter suporte aos sistemas operacionais Windows e Linux sem necessidade de reescrita do código-fonte. A linguagem de programação da interface deixa de ser o Borland Delphi e passa a ser a biblioteca QT.

A linguagem AdvPl passa a ter suporte a programação Multthreading e a criação de Stored Procedures nativas no banco de dados.

O sistema se consolida, disponibilizando aos seus clientes mais de 70 módulos e mais de mil de processos de negócio. A localização do sistema permite que ele opere em 9 países.

 

 

 

2007 à 2010

O sistema muda de nome mais uma vez e passa a ser chamado de Microsiga Protheus.

A liguagem de programação AdvPl passa a ter suporte a CSS Style, a programação em Grid Computing.

O Application Server passa a suportar uma nova linguagem de programação, 4GLi, permitindo interoperabilidade com a linguagem AdvPl.

O FrameWork base de desenvolvimento do Protheus passa a ser baseado em MVC (Model View and Control) reduzindo o custo de desenvolvimento e garantindo a exposição de todas os formulários do sistema em serviços ( web services ).

 

 

TOTVS 11 – Linha Microsiga Protheus

A TOTVS unifica sua interface e todos os software passam a ser chamados de TOTVS 11. A nomeclatura Microsiga Protheus passa a ser uma linha de produto do TOTVS 11.

O sistema passa a compartilhar componentes com outras linhas de software

Os principais destaques do TOTVS 11 linha Microsiga Protheus são:

  1. Novo guidelines de interface TOTVS 11 com os temas Standard, Classic e Sunset
  2. No componente Browse, presente em grande parte dos formulários do produto. Este novo componente possibilitou a incorporação de uma série de novos recursos, como:
    • Otimização de instruções com o banco de dados, incluindo uso de campos virtuais.
    • Botão localizar case-insensitive
    • Novas funcionalidades de filtragem: aplicação de diversos filtros, configuração do texto do filtro, uso de outras tabelas, visualização do filtro padrão e dados variáveis de seleção
    • Personalização de cores, fontes, altura da linha, colunas e totalizações
    • Impressão gráfica, envio de email, exportação HTML, PDF, ODF, Planilhas ( MS Excel ) e TOTVS ECM dos dados do Browse

3. Acessibilidade Visual nativa no produto

4. Novas opções de SmartClient para os sistemas operacionais Windows, Linux e MacOs e uma opção de uso em navegador, SmartClient HTML, sem a necessidade de plugins, para os navegadores: Internet Explorer, Firefox, Safari e Google Chrome. A opção do SmartClient HTML permite o uso em tablet’s como os sistemas operacionais iOS e Android.

5. Novo IDE baseado no Eclipse onde disponibilizamos um desenhador de interface padrão MVC.

6. Novo modelo de segurança de usuários compatível com a NBR 27001 e ISO 15.408.

7. Implementação do conceito de Perfil de usuário que permite uma série de personalizações do produto anteriormente disponível apenas pelo metadados.

8. Introdução do conceito de Gestão de Empresas

9. Intrudução da Gestão da Configuração de deploy de metadados e atualizações de RPO.

10. Catalogo de personalizações que permite a documentação de todos os pontos de entrada do produto, além de sua rapida identificação uma vez que o catalogo é atualizado dinamicamente.

11. Novo padrão de Schedule muito mais simples e funcional.

12. Introdução do conceito do Protheus Event Viewer

13. Integração com o TOTVS ESB e a introdução do conceito de EAI – Enterprise Adapter Interface, facilitando a integração multi-ponto e mono-ponto.

14. Integração com o TOTVS ECM que incorporou ao produto ferramentas de WorkFlow, GED e BPM.

15. Introdução de parametrização de elemetros gráficos e implementação do TOTVS | Broker para operação em redes com latência alta.

16. Introdução do conceito MILE.

17. Novo padrão de Audit Trail baseado em triggers de Banco de dados, disponível nos banco de dados: Microsoft SQL Server, Oracle, IBM DB2 e Progress OpenEdge.

 

 



0 Comentário

Os comentários estão fechados.